Escrevendo sobre crimes para a SUPER

capasuper

Passei semanas só pensando em crimes. Mas não matei, não roubei, nem propina eu recebi. Foi para escrever 13 matérias (ufa!) que entraram neste número especial da SUPER, brilhantemente editado pelo jornalista Tarso Araujo e que acaba de chegar às bancas.

Mergulhei no Crime da Rua Cuba;

nos massacres das escolas de Columbine e do Realengo;

no episódio chocante das crianças assassinas de Liverpool;

no misterioso caso dos amigos encontrados mortos com máscaras de chumbo em Niterói (os ETs são suspeitos);

no fenômeno de mídia que virou o desaparecimento da menininha Madeleine McCann num resort em Portugal;

no sequestro do bebê do aviador Charles Lindbergh;

na genialidade do homem que sequestrou um Boeing nos EUA, pulou de paraquedas em meio à tempestade e desapareceu com a grana (enlouquecendo o FBI, que nunca descobriu sua identidade);

nos casos revoltantes de pedofilia na Igreja e na internet, e outros absurdos.

E o especial tem mais histórias – tão perturbadoras quanto fascinantes. Como um bom thriller.

Enviar por E-mail

Sobre o autor:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não serã publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>